5 habilidades desejáveis para todo engenheiro

A área de engenharia é bastante promissora e oferece boas possibilidades de remuneração e carreira, e alguns pré-requisitos podem facilitar o exercício das atribuições. Para ajudar, elencamos, a seguir, as principais habilidades e competências que são desejáveis para ser um engenheiro de sucesso! Quem sabe você tem muitas dessas características e ainda não se deu conta? Confira já quais são:

Senso apurado de observação

Por lidar com projeção, desenho, estruturação e elaboração de projetos que deverão ser minuciosamente desdobrados e colocados em prática, todo engenheiro precisa ter um bom senso crítico e boa capacidade de observação, a fim de tratar cuidadosamente cada detalhe dos projetos e execuções. Isso ajuda a enxergar erros, pontos a melhorar, etapas incompletas ou incorretas, bem como necessidade de eventuais mudanças no decorrer da realização de obras ou projetos básicos ou executivos.

Ser detalhista ajuda a não deixar passar falhas e a ser capaz de estimar e mensurar mais precisamente a quantidade de itens que serão usados, a necessidade de maior atenção em um fator e inclusive aspectos inerentes à montagem de equipe para trabalhar nas obras.

Perfil de liderança

Ser engenheiro requer perfil de líder, boa iniciativa para conduzir equipes e projetos e proatividade. Já que estará incumbido de projetos de grande responsabilidade (tanto técnica quanto operacional) e com cronogramas estipulados, um engenheiro precisar ter liderança para conseguir motivar e manter a produtividade da equipe, monitorar resultados, resolver e intermediar conflitos, ser prático nos impasses do dia a dia e manter a ordem dos trabalhos.

Isso não significa apenas comandar e delegar tarefas: um bom líder tem sensibilidade para entender dificuldades e promover medidas que potencializem esforços, promovam reconhecimento e transponham obstáculos.

Boa comunicação e capacidade para trabalhar em equipe

Esse tipo de profissional, assim como muitos outros, precisa dominar boas técnicas de comunicação e capacidade de trabalhar em equipe, para conseguir ser um bom líder — aquele que não dá somente ordens, mas que consegue engajar todo o time.

Ouvir os subordinados é, portanto, essencial para ter o feedback como ferramenta de melhorias e indicação de recursos e métodos mais produtivos, bem como inclusão de maior colaboração na rotina de trabalho. Isso traz mais resultados, empenho e engajamento da equipe, diminuindo as falhas por falta de diálogo ou motivação e até faltas no trabalho e abandono em campo.

Visão de mercado

Alocados em posições estratégicas nas companhias, os engenheiros devem desenvolver boa visão de mercado e estar aptos a identificar insights e possibilidades de inovação para manter a competitividade. Muitas vezes, um engenheiro passa da esfera técnica e assume cargos de gestão nas empresas, o que exige ainda mais habilidade para propor projetos e negócios cada vez mais adaptados às necessidades, tendências e expectativas dos clientes.

Aptidão para cálculos e afinidade com exatas

Aqui chegamos à única coisa que você talvez já tenha pensado de início a respeito de ser engenheiro: a facilidade com matemática. Sim, essa característica é crucial, mas, como você já viu, não é a única. Enquanto os demais fatores já mencionados estão mais focados em habilidades de relacionamento interpessoal e perspicácia, a aptidão para cálculos se pauta em aprendizagem de fórmulas, estudos, experimentos e aplicação prática de aspectos lógicos e quantitativos.

Ter afinidade com exatas é importante para que um engenheiro tenha êxito. É claro que fórmulas e cálculos são aprendidos em sala de aula, mas a inclinação natural para eles ajuda inclusive a tornar a profissão mais prazerosa e verdadeira fonte de realização para os que nela investirem.

Enfim, estudar para ser engenheiro pode ser uma boa opção tanto para quem está terminando o ensino médio e quer ingressar em um curso superior quanto para quem já está no mercado, se identifica com a área quer buscar formação para ter ascensão e prestígio profissional.

E aí, se identificou com alguma dessas competências? Quer mais dicas sobre a profissão e habilitações? Deixe um comentário no post e nós da FEAMIG respondemos suas dúvidas!

Comments

comments

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"