ENTREVISTA: “Estudante de Engenharia precisa ser capaz de aliar a lógica com sua criatividade”, diz professor Jouber Paulo Ferreira

O blog da FEAMIG convidou nosso professor Jouber Paulo Ferreira para um bate-papo sobre Engenharia. Ferreira é engenheiro civil, pós-graduado em Gestão de Projetos de Engenharia e mestrando em construção civil. Confira a entrevista:

Blog da FEAMIG – Quais são os aspectos básicos que os estudantes aprendem no curso de Engenharia?

Jouber – Basicamente, o aluno do curso de Engenharia será submetido ao aprendizado de aspectos como matemática (cálculo, geometria analítica, álgebra linear), física, química, morfologia e estrutura dos materiais, tecnologia das construções, hidráulica e saneamento, geotecnia e topografia, transportes, informática aplicada e gestão. 

 

Blog da FEAMIG – Quais são as características de um estudante de Engenharia?

Jouber – O estudante de Engenharia, além da sua afinidade com as Ciências Exatas, precisa ser capaz de aliar a lógica com sua criatividade para lidar com situações críticas, solucionar problemas e propor ideias compatíveis com o contexto de desenvolvimento tecnológico, bem como propostas e soluções utilizando matérias-primas ecoeficientes. Além disso, ter o poder de observação, capacidade de se relacionar interpessoalmente, liderança, responsabilidade ética, visão de mercado, pensamento estratégico e inovação.

 

Blog da FEAMIG – Como está o mercado de trabalho para os engenheiros?

Jouber – Apesar de o cenário dentro do mercado de trabalho para o ano de 2018 permanecer desanimador para alguns setores, as novas perspectivas para o mercado da Engenharia Civil nesse ano são bem mais otimistas do que as dos últimos dois anos. Além dos novos investimentos promovidos pela Industria da Construção Civil (ICC) e da redução da inflação, as novas tecnologias têm favorecido o mercado da Engenharia.

 

Blog da FEAMIG – Quais segmentos da Engenharia civil estão mais em alta?

Jouber – Na retomada do crescimento nessa área de atuação, na qual se objetiva uma produção enxuta (construir mais com menor custo) e limpa (menor gasto energético no processo construtivo, desde a extração, fabricação das matérias primas, até a destinação do produto após o término da sua vida útil), as novas tendências tecnológicas predominantes são:

As impressoras 3D, com o conceito de Contour Crafting (Construção por Contornos), sendo possível aumentar a produtividade e redução de resíduos.

O concreto sustentável, produzido a partir de sobras de construções e de resíduos de outros materiais. O concreto sustentável é tão eficaz quanto o convencional, mas com uma considerável redução da poluição e do desperdício. Por meio de parcerias entre instituições de ensino e a ICC, nota-se um crescente desenvolvimento de pesquisas antenadas às novas tendências, objetivando melhoria do desempenho dessa tecnologia em novos projetos.

Os tijolos ecológicos, inovadores e econômicos, além de possuírem um assentamento mais prático. Investir nessa nova tendência é o caminho certo para um profissional dinâmico.

Quem busca uma colocação no mercado de trabalho pode se atentar às novidades tecnológicas que surgem para otimizar a indústria da construção.

 

Blog da FEAMIG – Na sua opinião, o que é mais interessante na Engenharia e na profissão de engenheiro?

Jouber – A diversidade: pode-se utilizar das ciências como disciplinas fundamentais, para o estudo e a aplicação dos vários ramos da tecnologia e suas vastas áreas de atuações, como por exemplo Engenharia Diagnóstica, Engenharia de Avaliações, Engenharia de Segurança do Trabalho, Engenharia Construtiva (Agrimensura, Civil, Produção, Mecânica, Elétrica), Engenharia de Contratos, dentre outras.

Como engenheiro, o que mais me agrada na profissão é a versatilidade. O engenheiro projeta, fiscaliza, gerencia, executa, opera e mantém, ou seja, faz um ciclo de vida completo de um projeto e/ou empreendimento. Particularmente, tive o prazer e a oportunidade de atuar como gestor, não apenas na área urbana, bem como em projetos de grande importância estratégica nacional, como aeroportos, sistemas de transportes para escoamento de produções interestaduais, exploração mineral, siderúrgica, petrolífera e atualmente como docente e pesquisador.

 

Blog da FEAMIG – Qual o diferencial do curso de Engenharia da FEAMIG?

Jouber – O diferencial do curso de Engenharia da FEAMIG está na formação de profissionais qualificados, aptos a desenvolver soluções viáveis para as necessidades do mercado e da sociedade, contando para isso com um excelente corpo docente, altamente gabaritado e preparado para a capacitação destes profissionais, cada vez mais disputados pelas organizações. Os estudantes formados pela FEAMIG têm o conhecimento para serem multitarefa em um mercado em frequente mudança.

O que achou da conversa com um de nossos mestres? Deixe seu comentário e nos acompanhe nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no LinkedIn.

Comments

comments

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"