Tudo sobre a Engenharia de Produção

O engenheiro de Produção precisa dominar todas as técnicas e compreender cada etapa do processo produtivo de uma companhia, seja indústria ou prestadora de serviços.

De forma simplificada, esse profissional deve ser capaz de enxergar melhorias na cadeia de produção, diminuindo custos e aumentando a produtividade e a qualidade dos bens ofertados.

Porém, é muito comum vê-lo atuando fora da área de Engenharia, sendo requisitado também em outros setores, como finanças e pesquisas.

Quer saber mais sobre a Engenharia de Produção? Confira um pouco mais sobre o perfil do profissional, o curso e o mercado de trabalho.

Perfil do profissional

Idealmente, um engenheiro de produção deve ter habilidades relacionadas à organização de processos, um bom raciocínio lógico, além da análise de números e dados. Não somente com números, mas também uma boa compreensão de questões sociais e econômicas.

Outra característica desejável é o apreço por tecnologia, uma vez que o dia a dia dessa área envolve o manuseio de ferramentas de ponta, desde a fabricação até a coleta dos resultados.

O espírito empreendedor, a capacidade de liderar e de trabalhar em equipe também são muito importantes para esse profissional, que deve estar atento a todos os setores da empresa para pensar um passo à frente.

Curso

Durante a graduação, o futuro engenheiro aprenderá, de forma multidisciplinar, conteúdos que o deixarão pronto para o mercado de trabalho. Isso engloba matérias comuns a todas as Engenharias, como Cálculo, Física e Química. Além disso, terá acesso a disciplinas mais específicas como Contabilidade, Estatística, Gestão da Qualidade, Engenharia do Produto e Logística. Ao final, há um estágio obrigatório para que o aluno pratique tudo o que aprendeu durante o curso.

Na FEAMIG, o curso de Engenharia de Produção tem a duração de quatro anos, sem perda de conteúdo ou carga horária, e o profissional chega antes ao mercado de trabalho.

 

Mercado de trabalho

O engenheiro de produção é responsável por assegurar a eficiência dos processos industriais e empresariais, bem como por manter os custos de produção baixo. Porém, é muito comum ver esse tipo de profissional na gestão de pessoas e recursos financeiros.

Outro ramo fértil é a logística, no qual são exigidas tarefas como analisar prazos de entrega, condições e possibilidades de execução de pedidos dos clientes da empresa ou indústria. Bancos também contratam esses profissionais para atuar na área de investimentos.

Um engenheiro de produção também tem a grande oportunidade de empreender. Isso por que ele domina as técnicas de administração, possui grande criatividade e tem habilidades e raciocínio lógico de um engenheiro.

De acordo com a Catho, o salário médio de um engenheiro de produção é de cerca de R$ 6.228,85.

Se interessou por essa carreira? Saiba mais sobre esse curso e como se matricular no nosso site!

Se interessou por essa carreira? Inscreva-se agora mesmo em nossa avaliação agendada! 

Comments

comments

feamig

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"